sexta-feira, janeiro 06, 2012

ABRAÇO

Conversa com o André
- ANDRÉ, DEIXA OS BRINQUEDOS. Está na hora de ires dormir.
- Porquê, pai?
- Porque já é tarde. Olha, são quase onze horas da noite e já não são horas de os meninos de três anos estarem acordados.
- Porquê, pai?
- Porque os meninos, e todas as pessoas, têm de descansar. Depois de andarem todo o dia a correr e a brincar e a fazer coisas, têm de descansar. Além disso, amanhã, tens de acordar pronto para mais um dia. Amanhã, vai ser um dia mesmo bom, vais brincar mais, vais passear, vais ver muitas coisas novas.
- Porquê, pai?
- Porque é assim todos os dias. Cada dia traz sempre muitas coisas novas. Agora, neste momento, não sabemos ainda tudo que vamos ver, mas tenho a certeza de que vai ser assim. Amanhã, vais aprender palavras novas e, quando voltar a ser hora de ir dormir, já vais ser um menino mais crescido, a saber coisas que agora ainda não sabes. Vai ser assim todos os dias, todos os dias.
- Porquê, pai? 
- Porque cada dia é diferente dos outros, mesmo quando se faz aquilo que já se fez.
[...]
Abraço / José Luís Peixoto